2020

II -Segundo Ato

Aproveite a Leitura

  • O Policarpo

Meu Engajamento

Atualizado: Abr 29


Bem antes de mais nada, se tu perguntas minha opinião, te direi, sobre quão engajado sou e quanto engajamento terei.


Sobre a política atual te direi - sim, sou engajado nisso também! Vejo homens que são crianças, brincam com nosso futuro, jogam seus joguetes - aqui e em todo mundo; uns querem mais que outros, o ego ri e se diverte por ser o dono de toda essa gente.

I'm Not Like The Others (Ralph Steadman)

...Se esse é meu engajamento político? Bem te direi, vou falar de tema fútil e que mal tem? Me preocupo mesmo com a cerveja, tem estado tão aguada, com gosto de milho ao invés de cevada, preço alto, qualidade baixa, e eu aqui, até mesmo para isso estou sem nenhum vintém!

Sobre os animais e os vegetais, ó irmãos meus, filhos de Deus, com pelo macio e carne suculenta. Uns tão perfeitos amigos, perfeitos irmãos, outros caem melhor com arroz e feijão, nos cobrem de carinho e nos cobrem de couro e linho, até mesmo os operários nos dão algodão ou consomem nossa plantação.

Já os voadores, quando cansamos, eles semeiam as flores e piam vossa canção. Mas que linda todas elas são. Ouço eles nas árvores – outros nas gaiolas e ciscando no chão! Colibri para cá, Arara para lá e um peixe frito na hora de almoçar. Encontro amigos destes do mar, quando vou mergulhar e também gigantes colossais, reis e rainhas - no céu ou no mar.

...E os cães, me dá um aperto no coração vendo um dormindo na rua – no chão.

Sem ele poder me contar como é que pode ser assim tão feliz e minha gente aqui chamando esse sagaz de infeliz.

E mais direi, além dos direitos destes e de outros seres, ou de quanto eu sei, sabia ou saberei; eles estão realmente tão tristes? Ou somos nós que transformamos essa gente, em gente, com essa nossa peculiar característica de sermos carentes.

Sobre o sexo, de fato é bom, vicia e simplesmente é muito bom; tão necessário o amor, tão escravos somos do amor, ou sexo se assim preferir, esses prazeres, esse direito a prazeres, esse direito a felicidade, esse direito à liberdade, dessa cada dia mais fria e distante sociedade, indivíduos-individuais ainda precisam de outro alguém para desse prazer se manter refém.

...E de amor e sexo vem essa loucura, essa dor, mas hoje em dia não se pode amar, tem que estar além, tem que estar adaptado... massificado, engajado. Desse jeito de ser, sou um tanto desses que se ajustam, seguem o instinto da vaidade, sorrindo, rindo, liberto e escravo.

...E eu engajado que sou, vou lá, sorrindo também, com uns seios que escapam sem ser machista. Suando, hormônios fecundam – veias dilatam – trabalham, mas falo isso sem ser sexista.

...E que meus hormônios não digam mais nada, se não terei que me explicar para um juiz, o meu comentário infeliz. E eu não diga nada sobre ditaduras.

- Seu ditador, diz alguém!

Eu em silêncio ouvindo isso estou, engajado que sou, pois, se não for, um nome novo vou ganhar, uma fobia vou criar.

Afinal o desengajado homem que mata mulheres, o desengajado e intolerante que mata jovens livres, o louco sociopata à solta merece os mesmos adjetivos que eu, pois, abri a porta do carro para a minha frágil, delicada e formosa garota. Me desculpem novamente sobre essa parte, somos todos iguais, deve ser por isso que meu quarto era azul e da minha garota lilás, mas aí-de-mim se de meus filhos não for multicolorido, a polícia do engajamento cai de pau no meu pseudo-fascismo.

E de outra coisa estava lembrando de uns quinhentos anos atrás, sabe aquelas mazelas lá? Onde será que foram parar?

...Um amigo negro meu e o índio vizinho seu, estão até agora esperando o que sua cultura prometeu...

Voltaremos ao engajamento, afinal as lindas mulheres estão tão oprimidas, os jovens de tantos amores estão tão desprovidos, os animais estão com tanto frio, as causas estão tão precisadas e a juventude está tão livre, feliz e alucinada.

Parece mesmo que estão precisando de mais direitos, nessa fila toda dos engajados e das engajadas, para mim ninguém mais respeita e aceita nada, nem o dever seu – nem o direito meu.

Em toda essa gente o que será que deu?

...E afinal e aqueles primeiros da fila, que nem foram atendidos, por que fez isso? Se a 500 anos atrás você prometeu?


MEU ENGAJAMENTO

Policarpo Praxedes (2015)


CONTATO PARA ADAPTAÇÕES E LICENCIAMENTOS

Para parcerias, desenvolvimento de produtos ou adaptação do conteúdo aqui representado nos contate.

OTROPICAL@OUTLOOK.COM.BR



TERMOS E CONDIÇÕES DE USO

*Os personagens, histórias ou temas são originais - criados e concebidos por seu autor, a exploração financeira indevida direta ou indireta desse conteúdo resulta em crime de direitos autorais, caso tenha dúvidas adicionais consulte.



O TROPICAL

Arte e Cultura

WWW.OTROPICAL.COM.BR



(CURTAM E COMPARTILHEM A PÁGINA E OS CONTEÚDOS)

#AsCrônicas #Prioridades #Racismo #Engajamento #Fobias #LiberdadeéEscravidão #Feminismo #Homofobia #DireitosCivis #Felicidade #PolicarpoPraxedes #OTropical #Indíos #PolíticaSocial #AnimaisCarentes #CervejaAdulterada #Critique-çy #RalphSteadman #JornalismoGonzo

8 visualizações

Obrigado pelo envio!

  • Branca Ícone Pinterest
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

© 2015-2020 Criado por FAZ.

Site Profissional e de Literatura

(Arte e Cultura)