2020

II -Segundo Ato

Aproveite a Leitura

  • O Policarpo

Lobo Sorrateiro

Atualizado: Abr 29


Noite sem luz,

surge ligeiramente uma lareira no alto da colina

e um barulho esquecido da chaleira.

Em silêncio um lobo sorrateiro.

Um ou dois candelabros,

colchas lisas, vinho velho,

roupas espalhadas sobre a cadeira

e cintos derramados sobre os sapatos.

A lingerie vermelha descia no corrimão

das pernas da moça,

as vendas silenciavam a visão

do casal.

Após o cenário posto não há imagens,

apenas sons e olhos fechados,

quando os olhos se abrem só há vazio

e o uivo de um lobo esguio.

Os galhos quebram sobre a janela

e o vidro sobre os galhos,

mas nada consegue distrair

o que está intocável.

Tudo se mexe, tudo se toca e sussurra;

um estrondoso barulho no relógio de corda

e lá se vai o tempo - um desatino,

sem que nenhum tempo se passe há horas.

O jovem casal que não se via há um tanto desse tempo

nem se preocupa em acordar a governanta.

A silenciosa dama em um dos quartos

no infinito corredor dessa sala.

Parecem saber que aquilo era algo a dividir com o mundo.

Gozam, quase que ensaiados

com o som do galho quebrando a janela

e do trinco da porta ruindo o metal.

Por segundos dá para notar o ranger da porta.

Por trás dela a governanta

volta a respirar aliviada,

sem ser notada.

Ouve e ouve o casal realizar o que lhe havia de ideal desejo.

Só dois corpos se envolvem e se consomem,

mas o tempo e o espaço se varrem,

se destilam em meio aos sons desse amor.

Esse tempo nos distraí.

Lobo negro esperto, aproveita o descuido de humanos,

que por um momento se despem de qualquer supremacia,

para nus serem amor humano - amor animal.

Lobo esguio se fartura com uma ou duas galinhas no pasto alagado.

Arrastando-as para sua matilha,

para seus descendentes,

vorazes e ferozes descendentes.

Com todo cuidado possível

foi difícil não deixar penas

e gotas de vitória vermelha para trás...

...Ah! Aquele lobo sorrateiro!

LOBO SORRATEIRO

Policarpo Praxedes (2014)

CONTATO PARA ADAPTAÇÕES E LICENCIAMENTOS

Para parcerias, desenvolvimento de produtos ou adaptação do conteúdo aqui representado nos contate.

OTROPICAL@OUTLOOK.COM.BR

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO

*Os personagens, histórias ou temas são originais - criados e concebidos por seu autor, a exploração financeira indevida direta ou indireta desse conteúdo resulta em crime de direitos autorais, caso tenha dúvidas adicionais consulte.

O TROPICAL

Arte e Cultura

WWW.OTROPICAL.COM.BR


(CURTAM E COMPARTILHEM A PÁGINA E OS CONTEÚDOS)

#OsPoemas #LoboSorrateiro #AltodaColina #AmorPoético #Lareira #RelógiodeCorda #Vinho #OTropical #PolicarpoPraxedes